segunda-feira, 4 de junho de 2018

Ele está contando tudo



Pode até parecer as vezes que algumas coisas estão fora do controle. Talvez de fato estejam, mas do nosso, não de Deus.
São tantas fases, estações, e as vezes me pego percorrendo tudo que já vivi, cada história, cada momento.
Alguns marcaram tanto que pareciam que jamais iriam deixar de serem vividos dentro de mim. Certas situações pareciam que iam fazer parte de mim para o resto da vida.
Mas não. Elas de fato me ajudaram a ser quem eu sou. Na verdade, Deus fez e faz toda situação contribuir para o meu crescimento.
Mas não podemos viver no passado, ou basear nossas expectativas e sonhos do futuro nas coisas que já aconteceram. Há sempre algo novo para se viver. Há sempre um renovo.

Tudo o que passou está sendo contado, registrado e computado no céu. Nada se perde aos Seus olhos. Ele observa, perscruta, escuta cada oração. A gente até esquece, mas Ele não.
E a questão toda é que, quando perdemos o controle, quando a circunstancias não ajudam em nada, temos a tendencia a querer dar um jeito.
A gente sempre acha que é com a gente que está a bola, que somos nós que devemos prover a solução. Por mais que digamos ter fé, queremos fazer algo a respeito da situação, como se isso de fato ajudasse ou nos fizesse sentir melhor.

Porém não há absolutamente nada melhor a fazer do que simplesmente descansar e acreditar, nas mais improváveis promessas de Deus. Sempre valerá a pena entregar e deixar.
Sim, entregar e seguir no amor, na paz, na alegria.Pode ser que te achem meio bobo por acreditar tanto, achem que você não entende da vida ou que vive em outra realidade.
De fato, quando entendemos o que é andar por fé, a realidade é outra. Há uma chama diferente no coração. Há uma luz intensa nos olhos. Há uma paixão por algo maior que nos move pra além das necessidades terrenas.

É belo. É forte. É intenso.
Como quem sonha, a gente segue cantando, "e Deus nos abraçando"... (parafraseando o @palavrantiga). Meio que parecendo mesmo tolos, mas na verdade, caminhando na sabedoria, a tão valiosa sabedoria que louva a quem a encontra! Que faz a gente passar de nível, passar de fase e, finalmente, viver o tempo aceitável, agradável, pleno e perfeito do Senhor!

Quem faz acontecer não é você. Por outro lado, não se culpe se tens andado errante até aqui, se tens sido dominado pela ansiedade e seu foco tem sido as necessidades. Há sempre uma nova chance de fazer certo e dar certo.
Segue com fé. E vamos viver a nova estação, o novo tempo. O que passou, passou.
Eu não sei você, mas eu já não sou mais a mesma. Então pra quê ainda viver no mesmo, se o ontem é preparo pro hoje, o amanhã maior ainda será.

Valentes parecem loucos. Sonhadores parecem tolos. E os que esperam em Deus, os que semeiam sementes chorando, percorrendo um caminho longo entre lágrimas, ah, parecem abandonados, esquecidos, estéreis e sem esperança.

Não te contaram que são estes os que voltarão com alegria, pelo mesmo caminho, cantando trazendo em suas mãos, em seus ombros e cestos, tudo o que colheu! É só aguardar o passar das estações, o passar das fases, o tempo da colheita chegar.

Lembre-se: Ele está contando tudo. Tudo está, não friamente, mas amorosamente calculado.

byPIU

sexta-feira, 20 de abril de 2018

A decisão de amar


Verdadeiramente o amor não pode ser um sentimento. O primeiro mandamento é "Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, com toda a sua força e entendimento" Deuteronómio 6.5. 
Se amar fosse um ato de sentir, não poderia ser um mandamento. Pois como se obriga alguém a sentir alguma coisa? Amar é uma decisão, de fato. 
Pois quando decidimos por seguir a Deus e obedecer os seus mandamentos decidimos amá-lo. Jesus disse "Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, este é o que me ama". Logo, decidimos aceitá-lo, recebê-lo em nosso coração e, por conseguinte, obedecer os seus mandamentos. Essas decisções por fim, culminam numa só: Amar a Deus. 
Mediante essa forte decisão, o Espirito nos conduz a arder em paixão por Ele, queimar de amor, como na poesia do livro de  Cantares a noiva arde por seu noivo. O Espirito nos leva a viver e sentir sim o calor do amor, nosso coração palpita, sorrimos a toa, olhos brilham e aos poucos percebemos que podemos dar até mesmo nossa própria vida por Cristo. Nossa decisão mental torna-se então o anseio de nossa alma, pois nosso espírito está conectado ao Senhor, obedencendo suas palavras e amando seus preceitos. 
Nessa etapa que é possível dizer "seus mandamentos não são pesados" (1 João 1.5), "como amo a tua lei!" (Salmos 119:97) ou ainda, "que eu me torne como morto, como os que descem a cova sem tua presença" (Salmos 28.1).
E a decisão de amar cabe a nós. 
Em obediência. Amar é sim, obrigatório (amar a Deus, a si mesmo e ao próximo). E a consequência da obediência a este mandamento, é termos dentro de nós um espírito semelhante ao do Pai. Sim, semelhantes a Ele , como previsto na criação, no Plano original. O Amor nos torna um com Deus, nos torna parecidos com Ele. E esse é o alvo da nossa existência, a razão do nosso respirar, o por quê de estarmos aqui.
E quando o homem vive o que foi criado pra viver, ele se torna enfim pleno. 

Quer ser completo? Decida amar.

ByPiu

domingo, 14 de janeiro de 2018

Mais Alto. Mais Fundo.




Um novo ano começou.
Tempo de renovar as esperanças.

Mas passando já a primeira quinzena do primeiro mês, já começa a se desvanecer o ânimo.
A realidade do dia dia, sem luzes e abraços torna tudo pesado de novo.
Como lidar com tudo isso?

Precisamos ir mais alto e mais fundo.
É paradoxal ir mais alto e mais fundo ao mesmo tempo, não é? Mas é isso mesmo que estou dizendo.
Se no ano que passou você realizou coisas legais, conseguiu melhorar em algo, não seja isso o bastante! Não se acomode!

Sempre haverão outras batalhas, outras dores, outros traumas a vencer.
Ainda tem muito sonho pra correr atrás e realizar.
Precisamos ir mais fundo nos relacionamentos bons que temos e mais alto em nossa esperança.
Precisamos mergulhar naquilo que Deus tem para cada um de nós e ir mais alto voando em suas asas de paz.



Não se acostume a coisas nocivas e nem às coisas básicas de sempre. Ame a simplicidade, a humildade e a leveza, mas busque sair do medíocre.
Cada um sabe onde pode ir mais além, onde pode dar mais de si.
O ano não pode ser diferente se agirmos do mesmo modo, cometermos os mesmos erros, pensarmos da mesma forma.

Chega de medo, de desespero e inseguranças. Chega de vacilos e de tornar situações normais em complicações que te atormentam o sono. A vida é pra ser vivida, sentida, sofrida e sorrida.
Viva! Sinta intensamente o ar no peito e voe alto! Mergulhe fundo no mar de infinitudes que ela possui.



O mundo é pra ser voado. O amor é pra ser dado e recebido. Metas são pra ser alcançadas.
Sonhos, realizados. E Deus, é pra ser adorado!

Não sei em que você crê. Mas nós somos isso: corpo, alma  e espírito! Não dá pra ser pleno se não cuidar dessa tríade. Tem que focar em ser o que nascemos pra ser!

Seja você mesmo, e com propósito! (parafraseando Nicholas Sparks)

E que este ano seja um de muitos dos mais maravilhosos anos da nossa vida.

Feliz Ano Todo!


byPIU